O que é Harmonia Musical - Qual seu significado? Qual sua importância? Onde ela atua?


Com tantas teorias espalhadas por aí, com tantos conceitos e com tantas divergências, é realmente difícil para o aluno conseguir entender precisamente o que é Harmonia Musical, onde ela atua, o seu significado, e sua importância.

Por isso resolvi fazer um vídeo explicando, de um modo bem simples e o mais breve possível, tais questões.



Até o momento, fiz 2 vídeos:

  1. O primeiro explico onde a Harmonia atua: resumidamente, nas relações sonoras;
  2. O segundo vídeo já explico a Harmonia em seu contexto histórico, isto é, como e onde ela surgiu e como ela foi evoluindo ao longo do tempo até os dias de hoje.

Não deixe de assistir os dois, pois um complementa o outro.

Preciso dizer que não é uma tarefa fácil não.

Como eu disse, existem diversas teorias e divergências.

O que fiz foi dar a minha visão sobre a matéria, sem que deixasse de ter fundamentos lógicos sobre minhas argumentações.

Eis o primeiro vídeo:

Temos que entender que tudo começa analisando a matéria prima da música: O SOM!!!

Só que a música só é música quando existe alguém que capta os sons, ou seja, nós os ouvintes.

Dessa maneira, temos os dois pólos: o som (como matéria prima), e o ouvinte (como o captador e entendedor).

Aqui, o ouvinte somos nós, os seres humanos, que conseguimos entender a música como linguagem sonora, onde há algo sendo transmitido.

E, como sabemos, os seres humanos são dotados de inteligência cognitiva e emocional, e ambos atuam no entendimento da linguagem sonora que nos chega.

Esse entendimento é fundamental pois é dela que se criam as teorias da música.

A Harmonia segue na união destes dois pólos: o som e o ouvinte. Tem como fundamento tentar entender as melhores práticas a serem feitas com o som para se criar os melhores efeitos desejados a nós ouvintes.

Nesse aspecto, a Harmonia vai estudar e conceituar:

  • As relações sonoras (intervalos musicais): tanto na vertical quanto na horizontal;
  • As forças funcionais que estabelecem a tonalidade, ou a negam (atonalismo), e ainda outros sistemas musicais;
  • Direciona e faz-se entender as melhores sequências sonoras para um determinado propósito ou efeito musical;
  • Relaciona os acordes e suas utilizações;
  • Cria e estuda as relações que a matéria prima (o Som) produz como linguagem sonora em nossas percepções humanas.

Esses são apenas os elementos e assuntos principais que a Harmonia Musical trata. E dela deriva quase toda as Teorias Musicais.

Porém, entender somente onde a Harmonia Musical atua não é suficiente. Precisamos ir além, se quisermos entender o que nós hoje entendemos como música, a expressão sonora.

Por isso, veja também esse segundo vídeo:



Nele coloco a visão da harmonia musical ao longo da nossa história musical, da nossa evolução humana nesses últimos milênios.

Talvez, a Harmonia tenha surgido exatamente quando alguém decidiu unir a matemática com a música, verificando as relações matemáticas da música e como nós a percebemos.

Esse alguém, segundo os historiadores, foi Pitágoras, com seu experimento do monocórdio.

Só esse experimento já vale um vídeo a parte, e o farei posteriormente.

Quando atualmente estudamos harmonia e as teorias musicais modernas, nos esquecemos dos porquês de certas "regras" ditadas.

Por isso, a importância de termos uma visão clara e ampla da questão da evolução da nossa música, sobre o olhar da harmonia.

Como digo no vídeo, não gosto de dizer "regras", mas sim melhores práticas.

E tais práticas, você vai perceber assistindo o vídeo, que podem mudar ao longo da história, já que nossa percepção musical vai mudando também.

Como exemplo, o que era dissonante antigamente, talvez já não seja hoje em dia, ou pelo menos já não causa tanto impacto ou aspereza sonora.

Assista esses dois vídeos, e veja como sua percepção a cerca da Teoria Musical Harmônica já vai ter um novo prisma, uma nova visão, um novo entendimento.

É claro que o assunto não se esgota por aqui. Há tantas e tantas ideias a serem ditas.

O que importa, nesse momento, é começarmos a ganhar alguns fundamentos sobre a importância da Harmonia Musical.

Se eu consegui despertar isso em você, então o papel desses dois vídeos já foi cumprido.

E não deixe de colocar nos comentários seus pensamentos.

Assine nossa lista e se inscreva também no nosso canal do Youtube.

Peço, principalmente, que compartilhem o vídeo e este post.

abraços,
Carlos Correia

editar post

CONHECIMENTO VIP

Já pensou em receber conteúdo exclusivo?
Então assine abaixo. É grátis!




Não realizamos spans.



Nenhum comentário :

Postar um comentário